so hear me out before you say the night is over

MØ, “Final Song”
Eu geralmente não sou bem um fã da MØ, mas olhando pro impacto da ideia que o público mainstream pós-Lean On tem de que ela é uma vocalista de dance music, ela tem muito a a se tornar interessante a partir de agora. Essa faixa, por exemplo, além de representar uma ruptura na carreira dela, também é um aceno do MNEK (grande cantor, grande produtor), que criou algumas das canções mais criativas no house desde o revival britânico de 2013, pra beats menos nostálgicas, mais funcionais e genéricas (por opção mesmo) e que, por isso mesmo, entendem melhor os artistas que ele quer ler. O MNEK vê em Final Song a MØ como uma vocalista de dance music, não mais a popstar outsider que eu conhecia outrora.

Isso não tira o autorismo dela sobre a faixa em momento algum, mas é aquele autorismo pop, que certamente seus fãs não estão acostumados. Eu gosto disso. Deixa ela numa posição mais agradável que antes.

Also, “Final Song” emula cada trend do natimorto EDM em 2016, mas pertence a uma tradição seleta de dance music nessa década, que evoca perfeitamente imagens de dança, baladas e tudo que está em volta, mas num olhar mais melancólico, contemplativo e bem, bem triste. Uma tradição que vem desde Dancing On My Own, a Sorry, ou Alone with Me ou Hands To Myself. O vocal da MØ, então, é um êxtase constante; há um sensação de medo e desespero e uma busca pelo momento, pela catarse. Mas ela também canta com uma frustração iminente, como se a perda fosse inevitável. É quase uma canção de amor da Kate Bush.

^-^

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s